Tudo o que você precisa saber como escolher um cabo de rede

A necessidade que temos para permanecermos conectados o tempo todo fez com que muitas empresas pudessem investir em tecnologias confiáveis para facilitar o trabalho dentro e fora de casa. Com o avanço da internet cabeada, chegaram os primeiros cabos de rede

 

Nos próximos parágrafos, vamos conhecer três tipos de cabos de rede que ainda são muito usados em empresas de tecnologia para conectar servidores e data centers. Tenha uma boa leitura!

 

Tipos de cabos de rede 

cabos de rede

 

Atualmente, o cabo ethernet é dividido em três versões: cat5, cat5e e cat6. O que muda entre um e outro é a taxa de transferência de dados e a capacidade de transmissão,além de características físicas como blindagem, o que pode aumentar a vida útil do cabo, por exemplo.  

 

CAT5

 

Este é considerado o padrão mais antigo de cabos de rede. Ele é formado por quatro pares de cabos de cobre que são trançados e cobertos por uma capa plástica. 

 

A velocidade atingida pode variar entre 10mbps a 100mbps. No entanto, por se tratar de uma tecnologia mais antiga, logo esse padrão vem sendo substituído pelo cat5e. 

 

CAT5e

 

Evolução direta do cat5, o cabo para rede cat5e já oferece maiores velocidades, partindo dos 1000mbps, o que automaticamente já reduz quaisquer chances de haver interferência ou perda de sinal durante a transmissão de dados entre hubs, switches e roteadores. 

 

Ele também se tornou mais resistente, pois a forma mais justa que os fios foram trançados faz com que ele sofra ainda menos interferências do que o seu antecessor. 

 

CAT6

 

Ao passar por uma nova reformulação, esse cabo de rede oferece o que há de mais atual em termos de tecnologia, durabilidade e resistência. Só para ter uma ideia, ele consegue alcançar uma frequência de 250 mhz, o que já representa um aumento significativo em comparação com o cat5e. 

 

Já em relação à banda, houve um salto para 1gb/s a 100 metros de distância, com o objetivo de manter a transmissão do sinal de internet o mais estável possível.

 

Agora que você já sabe mais sobre a evolução do cabo de rede para internet, aproveite para continuar navegando pelo nosso blog para continuar sempre bem informado sobre este e outros assuntos do seu interesse.  

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *