Saiba como melhorar o sinal da sua rede Wi-Fi

Gostou? Compartilhe:

Possuir um bom sinal de internet é essencial em nossas vidas, uma vez que a utilizamos para realizar as mais diversas atividades de nossa rotina, sejam relacionadas ao trabalho, estudo ou lazer. É comum, no entanto, que só lembremos da necessidade de tomar certos cuidados para garantir o bom funcionamento do nosso roteador e, consequentemente, a qualidade do nosso sinal de rede, quando percebemos que há algum problema nele. Pensando nisso, listamos abaixo alguns cuidados que você precisa ter e algumas dicas de como melhorar o sinal da sua rede Wi-Fi.

 

Posicionamento do roteador

A posição do seu roteador é um elemento fundamental para que você tenha um bom sinal em sua conexão Wi-Fi. Recomenda-se, portanto, que o aparelho seja mantido em um local alto e central. Essa, naturalmente, é uma das precauções mais básicas que devemos tomar. Isso porque, na era dos streamings, o bom posicionamento do seu roteador pode garantir uma experiência completamente imersiva no momento em que você der play em seu filme ou série.

Aliás, a transmissão de partidas em tempo real via streaming em sites está se tornado cada vez mais comum, mobilizando espectadores a torcer e apostar em seus times – o que exige uma boa conexão. Essa experiência é incentivada, inclusive, pelos sites de apostas que estimulam seus usuários a aproveitar os bônus sem depósito, que permitem que você realize suas primeiras apostas apenas se cadastrando na plataforma.

 

Reiniciar o dispositivo regularmente

O funcionamento ininterrupto do roteador pode levar ao aquecimento do aparelho, fazendo com que sua conexão seja prejudicada e reduzindo a vida útil do equipamento. Diante disso, é importante planejar “reboots” para que esses problemas sejam evitados. Essa reinicialização também é relevante uma vez que uma série de dados ficam armazenados em seu roteador e, com o passar do tempo, podem ocasionar erros no sistema, proveniente de bugs.

 

Interferências externas

Outra dica importante é manter objetos que possam causar interferências no sinal – a exemplo de espelhos e telefones sem fio – distantes do seu roteador. Assim, é possível garantir uma transmissão de melhor qualidade e sem interferências. E lembre-se: o problema, às vezes, pode não estar em seu roteador, mas em seu notebook ou computador – o que requer estratégias específicas.

 

Sempre atualize seu aparelho

As empresas de eletrônicos costumam buscar sempre meios de melhorar os produtos que oferecem aos seus clientes. Logo, é comum que esses produtos recebam atualizações periódicas em seus softwares, que costumam trazer complementos e garantir uma melhor performance do aparelho. Com os roteadores, é claro, não poderia ser diferente. Dessa maneira, é importante que você sempre mantenha o firmware do seu dispositivo atualizado. Em alguns casos, essas atualizações podem ocorrer automaticamente.

 

Mudar a frequência do seu roteador

Os roteadores costumam funcionar em suas bandas de frequência:a de 2,4 GHz e a de 5 GHz. Em vista disso, em alguns casos, alterar a frequência do dispositivo pode ser uma boa maneira de aumentar sua eficiência.

 

Improvisos

Conforme mencionado anteriormente, superfícies espelhadas podem comprometer a propagação do sinal do seu roteador Wi-Fi. No entanto, se utilizadas da maneira correta, esses mesmos materiais podem auxiliar na propagação do sinal. Uma solução simples e eficiente é utilizar folhas de alumínio para refletir as ondas, resultando no direcionamento e ampliação da cobertura do sinal.

 

Utilizar um repetidor de sinal

Saindo do improviso, vamos a uma solução um pouco mais convencional: a utilização de um repetidor de sinal. Com esse dispositivo instalado, o sinal Wi-Fi é amplificado, aumentando a alcance da sua rede. Aqui, além do aparelho específico para isso, você também tem a opção de utilizar um outro roteador como repetidor de sinal. 

 

Deixe uma resposta

Name *
Email *
Website