Principais Desenvolvedores Latino-Americanos De Jogos Para Cassino e Videogame

A indústria dos jogos digitais está em pleno vapor. Cada ano são lançados centenas de jogos pelos grandes desenvolvedores de jogos para videogame e cassinos. No top cassino jogos novos são inseridos todos os meses. De olho nesse mercado que está crescendo todos os anos, empresas de fora da Europa começaram a produzir seus próprios jogos.

É uma tendência que deve continuar para os próximos anos. O desenvolvimento de jogos acabou se concentrando na Europa desde que a indústria surgiu, em meados da década de 90. Muito por conta das tecnologias que existiam apenas em países de primeiro mundo. Agora, com a chegada de computadores de última geração também aos países do sul, tudo mudou.

Chile, Argentina, Brasil, Colômbia, México. Esses países são os grandes da América Latina e estão tomando a frente na iniciativa de produção de jogos digitais. No Brasil uma lei nova determinou o incentivo fiscal a empresas que investirem no desenvolvimento e patrocínio de jogos digitais. A realidade virtual também é um grande filão que as empresas estão de olho.

game

Apesar dessas mudanças, poucas pessoas sabem o nome dessas empresas que passam despercebidas aos olhos do mercado local. Elas precisam de publicidade para conseguir divulgar seus trabalhos e evoluir no mercado, para competir com as grandes da Europa. Confira a seguir as principais desenvolvedoras de jogos da América Latina.

Caleta Gaming (Brasil)

Criada para fomentar a indústria de jogos para cassino, a Caleta Gaming é uma empresa com sede em Santa Catarina, estado localizado na região sul do país, que tem investido no desenvolvimento de jogos voltados para o mercado nacional. Temas como o carnaval e a cultura periférica são apenas alguns dos presentes nos jogos caça-níqueis desenvolvidos pela Caleta.

A empresa tem investido pesado no mercado de jogos de azar no Brasil, inclusive, em observância às recentes mudanças que o setor vem experimentando no mundo das apostas . Recentemente, os deputados brasileiros aprovaram uma lei que autoriza a instalação de empresas de jogos de azar no Brasil.

Ace Team (Chile)

Um Ace Team é um dos estúdios latino-americanos mais antigos. Fundada em 2002 pelos irmãos Andrés, Carlos e Edmundo Burdeau, começou com o desenvolvimento de mods para jogos populares até 2009, mas só se tornou conhecida com o lançamento de Zeno Clash, um título de ação em primeira pessoa lançado para PC e Xbox 360.

Depois de algum tempo, a empresa ganhou mais destaque com Rock of Ages, um jogo singular, onde o personagem principal é uma rocha gigante cujo objetivo era destruir castelos, hoje a Ace Team possui parcerias com empresas como a Atlus e Sega.

Ironhide Game Studio (Uruguai)

Ao lado do Chile, mais especificamente no Uruguai, outro estúdio de jogos vem desenvolvendo um longo trajeto para se firmar como uma das empresas de criação de jogos da América do Sul. O Ironhide Game Studio é o estúdio responsável pela franquia Kingdom Rush, que fez sucesso e esteve presente nos celulares ao redor do mundo.

O sucesso do jogo foi tão grande que a empresa foi contratada pela Apple para desenvolver um novo título, baseado em Kingdom Rush, que recebeu o subtítulo de Legends of Kingdom Rush, um spin-off da franquia original. O jogo une elementos de combate, mas com um tom mais leve e divertido que outros jogos do gênero.

Dreams Uncorporated (Colômbia)

Lançado em 2012, o jogo Cris Tales foi um sucesso de público na Colômbia. O jogo nacional reuniu elementos de RPG clássicos com objetivos modernos e deixou uma boa impressão no mercado de jogos nacional e mundial. Além de colocar holofote sobre os jovens criadores de jogos da Dreams Incorporated que fizeram dos limões uma limonada.

Hoje a empresa está preparando novos lançamentos que prometem revolucionar o mercado de jogos sul-americano. O mercado de jogos RPG sempre foi dominado pelos criadores asiáticos, mas a Dreams Incorporated pretende mudar isso com os lançamentos que vai fazer.

Lienzo (México)

Em 2018, o estúdio mexicano Lienzo pegou o mercado de supresa com o lançamento de um jogo para videogame um tanto quanto singular. A temática? Os povos latino-americanos originais. Em outro jogo, Mulaka, o enredo girava em torno do Tarahumara, comunidade situada no estado de Chihuahua, México, onde o estúdio também está sediado.

Mulaka foi muito bem recebido pela crítica e pelo público do setor, e o estúdio parece estar interessado em continuar a explorar a cultura dos povos originários do méxico, a julgar pelo nome de seu próximo jogo que deve chegar em 2022: Aztech Forgotten Gods, um jogo de ação que reimagina o Império Asteca em uma visão moderna e quase futurista.

Aquiris Game Studio (Brasil)

Por fim, voltamos ao Brasil. A equipe brasileira Aquiris Game Studio, fundada em 2007, tem um currículo recheado de grandes experiências de desenvolvimento de videogames. Trabalhou para marcas como Cartoon Network e Looney Tunes, grandes no setor de jogos para crianças.

O maior sucesso do estúdio, no entanto, é um título próprio chamado Horizon Chase, um jogo de corrida no estilo arcade inspirado em clássicos dos anos 80 e 90, como Top Gear e Out Run. Horizon Chase foi concebido pelo time de desenvolvimento da Aquiris para ser jogado em dispositivos móveis, porém, o sucesso foi tão grande que ele logo saltou para consoles como PlayStation 4 e PS5.

 

Aficcionado por Tecnologia,computadores, paixão por games, desde a época do pentium133. Macmaniaco e entusiasta do android. Junior escreve aqui no Notebook sobre sua paixão e ajuda os leitores com seus tutoriais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *