Por que Notebook e não Desktop?

Por vezes recebemos muitas perguntas de pessoas que acessam nosso site nos indagando sobre a necessidade e quais as reais vantagens de se ter um notebook. Para tanto criamos esse artigo esclarecendo suas principais vantagens, bem como suas características peculiares.

Viagens:

A trabalho ou até mesmo a lazer, ter um note facilita, e muito a vida. Basta imaginar quem viaja a negócios, ou até mesmo com a família.

Por vezes, a escolha pela locação de um carro privilegia as experiências na viagem. O note oferece essa praticidade, poder fazer reservas em hotéis, restaurantes e até mesmo uma cotação de seguro auto para o carro alugado. Toda esta praticidade pode ser obtida com o note.

notebook viagens
Uso profissional:

É cada vez mais comum que profissionais deixem os altos custos de locação ou manutenção de imóveis para se dedicarem a suas tarefas em cafés, restaurantes ou home-office, atendendo seus clientes nestes locais, muito comum entre corretores, advogados, vendedores, entre outros. Em qualquer dessas possibilidades, o notebook oferece infinitas vantagens. Na realidade, sem o mesmo isso seria impraticável. O note possibilita utilização em qualquer lugar, até mesmo onde não possui ponto de energia, pois há modelos no mercado que apresentam excelente autonomia de bateria. Sem contar na comodidade de se trabalhar onde deseja quando se pensa em um home-office.

 

Tudo é vantagem?

Comparando o custo de peças e também a mão de obra especializada (que hoje em dia não é tão difícil de se encontrar), o note apresenta um custo de manutenção um pouco maior; cabe ao usuário ponderar suas vantagens a este contraponto.

Também deve-se considerar o preço de compra. O note costuma se um pouco mais caro, no entanto deve-se sempre observar uma ressalva no que tange a utilização especifica (gamers, profissionais gráficos, arquitetos, etc.), pois o preço destes computadores foge a média dos pc´s de uso comum.

Desktop não é melhor?

Depende. Para a grande maioria das pessoas no mundo, e considerando o tipo de uso não. As desvantagens e limitações de um desktop o tornam carta fora do baralho para a maioria das pessoas, sua falta de praticidade impossibilita um uso completo de todos os recursos que qualquer computador pode oferecer. No entanto não repita isso a um gamer, pois suas escolhas se baseiam em desempenho de vídeo/qualidade gráfica, que demanda placas caras e avançadas, e que por vezes necessitam de melhor refrigeração; assim, para este grupo o notebook se torna inviável, e sua praticidade de uso em qualquer lugar se torna insignificante.

Para se comprovar o que digo, apenas analisando o número de computadores vendidos no ano passado no Brasil, teremos a resposta. Considerando as vendas no último trimestre do ano passado, a venda de notebooks atingiu 66% do mercado, contra 34% de desktops. (Fonte: adrenaline.uol.com.br).

 

Então vale mesmo a pena?

Em minha opinião, sim! Para uso comum, o note supre as principais necessidades, e conforme explanado no artigo, não fica atrás de um desktop. É capaz de oferecer comodidades impensáveis em um computador “convencional”.

Tais vantagens tornam irrisória a diferença de valor de aquisição e manutenção, se comparado a um desktop, que a cada dia perde mais espaço no mercado de computadores.

Suas vantagens se sobrepõem aos desktops, que devem amargar em um futuro próximo um mercado cada vez mais direcionado e restrito.

Isso tudo sem mencionar a obviedade que são suas dimensões se comparada a um desk, onde o note ocupa muito menos espaço.

Por fim, cabe ao usuário ponderar todos os aspectos inerentes ao seu tipo de uso e decidir, mas a trabalho ou uso comum, o note se sobrepõe claramente.

Deixe uma resposta

Name *
Email *
Website